quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

CANTAI É NATAL....

   Olá amigos, desculpem a ausência, ando sem tempo, mas vivendo o Natal e  logo voltarei a ativa...


   Então... no domingo (18/12) realizamos aqui em nossa Paróquia uma Cantata de Natal, tudo feito na simplicidade, mas feito com muito carinho pelos salmistas e catequistas da pré.
Vejam só que carinhas lindas das crianças da pré:



segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

SANTO DO DIA

 Nossa Senhora de Guadalupe, ou Virgem de Guadalupe.
Patrona da Cidade do México, do México (País) e da América.


Aparição de Nossa Senhora de Guadalupe

   Um mistério de grande magnitude com o qual os cientistas se deparam é o da imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, impressa no manto (tilma) de um indígena mexicano, chamado Juan Diego.
   Segundo relato do próprio Juan Diego, uma senhora de radiante beleza apareceu-lhe no dia 9 de dezembro de 1531, quando ele se encaminhava à Missão Franciscana, na cidade vizinha, a fim de assistir à missa. Ela o chamou carinhosamente pelo nome e, após conversar com ele, prometeu vê-lo novamente. Num dos encontros seguintes, disse-lhe para pedir ao bispo para construir uma capela naquele local. Juan Diego procurou o bispo e este, não acreditando em suas palavras, pediu-lhe uma prova.
   Ao se encontrar novamente com a senhora, transmitiu-lhe o pedido do bispo e ela mandou que subisse ao alto do morro e colhesse as mais lindas flores que lá encontrasse. Deveria guardá-las em seu manto e levá-las ao bispo, cuidando, porém, de abrir o manto apenas na presença dele. Juan Diego estranhou, pois era inverno e não poderia haver flores naquela época. Porém, fez como lhe fora mandado. Para o seu espanto, no local indicado, encontrou rosas das mais lindas espécies, as quais colheu e levou ao bispo.   Chegando lá, abriu o seu manto e, para o assombro dos presentes, enquanto as rosas caíam do seu regaço ao chão, em seu manto foi se plasmando a imagem de uma linda mulher, tal como fora descrita por Juan Diego anteriormente.
   A partir desse fenômeno, este manto passou a ser conhecido como o Manto de Nossa Senhora de Guadalupe, e se encontra exposto na Basílica de mesmo nome, no México.
O tecido do manto, onde está impressa a imagem, é uma urdidura feita com fibra de aiate, uma espécie de pita mexicana, que se decompõe por putrefação em aproximadamente vinte anos. Atualmente, já conta com 457 anos, estando em perfeito estado de conservação, apesar de ter permanecido por séculos exposto aos rigores do calor, do pó e da umidade.
   O sábio alemão Richard Kuhn, prêmio Nobel de Química, após examinar profundamente uma amostra da pintura, constatou que sua policromia não procede de corantes minerais, vegetais ou animais!
   Submetida à análise fotográfica com raios infravermelhos, dois cientistas da NASA constataram que:
   O manto não foi submetido a nenhum processo que pudesse atuar como elemento protetor, o que torna simplesmente inexplicável sua conservação.
Inexiste esboço prévio na "pintura", como os que se descobrem, pelo mesmo processo, nos quadros dos grandes mestres. A imagem foi pintada diretamente, sem esboços nem correções;
   Não há pinceladas. A técnica utilizada é totalmente desconhecida na história da pintura. É inusitada, incompreensível e irreproduzível.
   Não bastasse tudo isso, a imagem apresenta ainda um fenômeno incrível, a atestar sua origem e o objetivo com que foi produzida. Trata-se da descoberta do Dr. Aste Tonsmann, através da digitalização da íris dos olhos de Nossa Senhora. O processo utilizado consiste em dividir a imagem em quadriculados microscópicos de tal magnitude que um milímetro quadrado fica subdividido em 27.778 quadradinhos. Ampliando 2.000 vezes cada um desses quadradinhos, foi possível observar pormenores impossíveis de serem captados à  simples vista. A íris humana reflete, como um espelho, as imagens que estão sendo observadas. Pois bem, a íris da pintura de Guadalupe está refletindo o seguinte: um índio em atitude de desdobrar a sua tilma diante de um franciscano; o próprio franciscano em cujo rosto se vê deslizar uma lágrima, um camponês muito jovem, com a mão posta sobre a barba em atitude de consternação; um índio com o dorso despido em atitude quase de oração; uma mulher de cabelos crespos, provavelmente uma negra da criadagem do bispo; uma mulher e uns meninos com a cabeça meio raspada e outros religiosos franciscanos.
   É impossível alguém pintar num espaço pequeno como o da córnea de um olho impressa em uma imagem de tamanho aproximado ao do natural uma cena (presumivelmente aquela em que, segundo o relato citado, deu-se a aparição de Nossa Senhora na tilma), que foi preciso ampliar tanto para poder ser percebida.
Manto do índio exposto na Basílica de Nossa Senhora  de Guadalupe, México
Fonte: Cadê meu santo

domingo, 11 de dezembro de 2011

MEU PRESENTE VIAJOU MUITO MAS CHEGOU.....

   Hoje começa a 3ª semana do advento, tempo forte, tempo de espera, tempo que o Senhor nos concede para preparar nossos caminhos.
  E hoje a liturgia nos convida a encher nossos corações de alegria pois se aproxima o dia em que o Menino Deus vai nascer.
  E eu não poderia deixar de dizer que ontem recebi o presente do meu amigo secreto, fiquei muito feliz e surpresa, porque ele viajou muito, saiu da cidade do sol para vir para a terra da garoa.
  Obrigada Clécia Catequese Caminhando , adorei o livro, ele com certeza vai me ajudar muito em meu planejamento catequético de 2012 e em muitos que virão. Ah, o tercinho é lindo, e a minhas primeiras orações com ele serão dedicadas a você e sua amiga Sandra, para que a missão de vocês seja fortalecida pelo Espírito Santo e por nossa Mãe Maria.

"O que nós ouvimos, o que aprendemos, o que nossos pais nos contaram, não ocultaremos a nossos filhos: mas vamos contar à geração seguinte as glórias do Senhor, o seu poder e as obras grandiosas que Ele realizou."
Sl 78(77),3-4

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

IMACULADA CONCEIÇÃO

                                         
Quando surgiu a festa da Imaculada Conceição?
   A partir do século VIII celebravam-se em vários conventos do Oriente festas em louvor da Imaculada Conceição.
   Em 1166 o Imperador Manuel Comneno declarou a festa como feriado nacional.
   Do Oriente ela veio para o Sul da Itália, donde passou para a Normandia.
   Mais tarde, os franciscanos tornaram-se os maiores propagadores da festa.
   Logo após, a questão foi levada para as discussões teologais, as quais se sucederam de modo a desenvolver e esclarecer as provas referentes ao, até então, título Imaculada Conceição.
   Assim, aos 8 de dezembro de 1854, o Papa Pio IX declara a Imaculada conceição como Dogma de fé, confirmando que a Mãe de Deus foi concebida, foi gerada sem a mancha do pecado devido a um especial privilégio divino.
   Maria é a primogênita de Deus por ter sido predestinada juntamente com o Filho nos desígnios divinos.
“Eu saí da boca do Altíssimo, a primogênita antes de todas as criaturas”. (Eclo 24, 5)
   Portanto, a Mãe do Senhor não podia ser escrava de Lúcifer em nenhum instante, Deus a separou, Ele quis criá-la em graça.
   Maria é a mulher forte, “a nova Eva, mãe dos vivos” – Nova Eva porque a primeira foi mãe da morte, mas a Virgem Santíssima é a mãe da vida – Ela foi posta no mundo para derrotar o inimigo.
   Santo Agostinho diz que “nem se deve tocar na palavra pecado, em se tratando de Maria; e isso por respeito Àquele de quem mereceu ser a Mãe, o qual a preservou de todo o pecado e, por sua graça”.
   Desse modo, é de fundamental importância homenagearmos a Mãe Imaculada, por isso a Santa Igreja decretou o dia da Imaculada Conceição como dia de preceito, dia em que devemos participar da Santa Missa em honra à toda pura Virgem Maria.


Reze comigo....

Ave Maria cheia de Graça,
o Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do Vosso ventre
Jesus

Santa Maria
Mãe de Deus
rogai por nós pecadores
agora e na hora 
de nossa morte
Amem!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

PRESENTE ENVIADO.....

   Hoje enviei  o presente ao meu amigo secreto, que na realidade é uma amiga, espero que ela goste. 
    Resolvi presenteá-la com um livro de um catequista que também faz parte do Grupo Catequistas Unidos, o nome dele é Alberto Meneguzzi, que além de ser catequista, é jornalista e escritor e tem uma paixão enorme por sua missão.
  Acredito que até sexta-feira o presente chegue, já que apenas 24 Km nos separam, então, imaginam quem seja?????



quinta-feira, 1 de dezembro de 2011



ORAÇÃO DO ADVENTO

Senhor, eu te espero novamente.
Povoa de esperança o espaço que restou dentro de mim.
Enxuga a lágrima que ainda molha a minha face.
Ajuda-me a repartir os sorrisos que vingaram
neste espaço de barro que sou eu, e onde um dia semeaste a fé.
Repete este milagre de, embora divino,
caberes por inteiro no meu coração humano.
Volta para mim, desta maneira simples de chegar
E permanece comigo, ajudando-me a crer
que ainda é tempo de sonhar com a paz.
Senta-se à minha mesa e prova o pão do meu suor.
Caminha do meu lado para entenderes o meu cansaço.
Escuta meus anseios, para compreenderes minha luta.
Volta para mim, desta maneira simples de chegar.
Volta silencioso como a aurora e plenifica de luz o meu amanhecer.
Volta silencioso como a flor e perfuma de amor o meu desejo.
Volta para mim, desta maneira simples de chegar.
De minha parte, estarei te esperando
como terra seca, que procura orvalho;
como noite escura que procura luz;
como fonte imóvel que procura impulso.
Volta para mim, desta maneira simples de chegar.
E que te possa descobrir
em todos os presépios e casas,
em todas as manjedouras e berços,
em todas as Marias e Josés.

José Acácio Santana
Florianópolis, SC

"Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! 'Eterna é a sua misericórdia!' É melhor buscar refúgio no Senhor, do que pôr no ser humano a esperança; é melhor buscar refúgio no Senhor, do que contar com os poderosos deste mundo!


 Bendito é aquele que vem vindo em nome do Senhor! "

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

SANTO DO DIA - SANTO ANDRÉ, APOSTOLO

     Nasceu na Betsaida e teve a honra e o privilégio de ter sido o primeiro discípulo de Jesus, junto com São João o evangelista. Os dois eram discípulos de João Batista, e este ao ver passar Jesus (quando voltava o deserto depois do jejum e das tentações) exclamou: "Eis aí o cordeiro de Deus". André se emocionou ao ouvir semelhante elogio e foi atrás de Jesus, Jesus se voltou e lhes disse: "O que procuram?". Eles lhe disseram: "Senhor: onde vive?". Jesus lhes respondeu: "Venha e verão". Foram e passaram com Ele aquela tarde.
     Esse chamado mudou sua vida para sempre. Santo André foi em seguida onde vivia seu irmão Simão e lhe disse: "encontramos o Salvador do mundo" e o levou onde estava Jesus que encontrou no grande São Pedro um amigo intimo e o fundador de sua Igreja. O dia do milagre da multiplicação dos pães foi Santo André quem levou a Jesus o moço que tinha os cinco pães. O santo presenciou a maioria dos milagres que fez Jesus e escutou, um por um, seus maravilhosos sermões, vivendo junto a ele por três anos.
     No dia de Pentecostes, Santo André recebeu junto com a Virgem Maria e outros Apóstolos, o Espírito Santo em forma de línguas de fogo, e em adiante se dedicou a pregar o evangelho com grande valentia e obrando milagres e prodígios.
    A tradição coloca seu martírio em 30 de novembro do ano 63, sob o império de Nero.

Santo André Apostolo, rogai por nós!



quinta-feira, 24 de novembro de 2011

   O ano passou tão rápido, já vamos entrar no tempo do advento, tempo forte, tempo de ALEGRE ESPERA, e nós da catequese infantil vamos esperar juntos.


Abaixo um resumo das nossas últimas atividades:


-26/11, 03/12 e 10/12 - Ensaios da Cantata de Natal e dos cantos da missa de encerramento.
-11/12 (10:00 hrs) -  Missa de encerramento do ano.
-11/12 (a tarde) - Apresentação do Coral Infanto-juvenil e crianças da pré- Música "Maria de minha infância" (Padre Zezinho)
-18/12 (15:00 Hrs) - Cantata de Natal com Presépio vivo (Coral infanto-juvenil e crianças da pré)


   Em nosso último encontro montamos com eles presépios de palito de sorvete, deu um trabalhão mas ficou muito bom, depois posto as fotos, e também demos a eles papéis de carta ao Menino Jesus, para que eles escrevam (ou os pais) "coisas" que gostariam de ganhar, que não fossem brinquedos e roupas,  para que eles já reflitam sobre o verdadeiro sentido do natal.
   A ideia original retirei do Blog Pãozinho do Céu, CLIQUE AQUI e vejam como ficou lindo, e a minha ideia é essa:
Estas cartas serão entregues na missa de encerramento na hora da oferenda, e o desenho que está na parte de baixo da carta, é para ser pintado pelas crianças.
Pediremos também a elas como gesto concreto, como é feito todo ano, um brinquedo usado (em bom estado) ou novo para que possa ser dado para as crianças carentes de nossa comunidade, afinal o Natal tem que ser vivido na partilha e no acolhimento.


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

TEMA - NASCIMENTO DE JESUS


Objetivo: Explicar o verdadeiro sentido do natal, que é celebrar o nascimento de Jesus, e que muitas criança erroneamente atribuem o natal ao papai Noel, que presenteia crianças boas e por causa deste presente torna-se tão querido por elas.

Lc 2,1-20

Sobre o tema , nascimento de Jesus, você encontra também AQUI nesta postagem mais antiga.



Refletindo o significado do natal

O que é o Natal?

    A Igreja em sua missão de ir pelo mundo levando a Boa Nova quis dedicar um tempo para aprofundar, contemplar e assimilar o Mistério da Encarnação do Filho de Deus; conhecemos este tempo como o Natal. Perto da antiga festa judaica das luzes e buscando dar um sentido cristão às celebrações pagãs do solstício de inverno, a Igreja aproveitou o momento para celebrar o Natal.
   “Nesse tempo os cristãos por meio do Advento se preparam para receber o Cristo, luz do mundo” (Jo. 8, 12) em suas almas, retificando suas vidas e renovando o compromisso de segui-lo. Durante o Tempo de Natal assim como no Tríduo Pascal da semana Santa celebramos a redenção do homem graças à presença e entrega de Deus, mas diferentemente do Tríduo Pascal em que recordamos a paixão e morte do Salvador, no Natal recordamos que Deus se fez homem e habitou entre nós.
   Assim como o sol afasta a trevas durante a alvorada, a presença de Cristo irrompe nas trevas do pecado, do mundo, do demônio e da carne para mostrar-nos que é o caminho a se seguir. Com sua luz nos mostra a verdade de nossa existência. Cristo é a vida que renova a natureza caída do homem e da natureza. O Natal celebra essa presença renovadora de Cristo que vem salvar o mundo.É por meio de Maria que se torna cooperadora no Plano da Salvação de Deus para todo o mundo. O Sim de Maria não é apenas um sinal de compromisso com Deus, mas sim, é o meio pelo qual Deus firma uma nova Aliança com o seu povo, prometendo a salvação eterna em seu Filho Unigênito que se faz presente no meio de nós.
   Sendo mãe e mestre por meio de uma série de festas, a Igreja busca conscientizar o homem deste fato tão importante para a salvação de seus filhos. Por isso, é necessário que todos os fiéis vivam com reto sentido a riqueza da vivência real e profunda do Natal.
   Por isso precisamos nos tornar cooperadores no plano da salvação de Deus para o homem, dizendo também o nosso SIM ao pedido do Pai de nos despojarmos de tudo que nos afasta dele. Assumir esse compromisso é afirmar que o Cristo que acabou de nascer é o único Senhor e Salvador de toda a humanidade.
Padre Renato

terça-feira, 22 de novembro de 2011

"Quanto mais o Rei se aproxima, mais necessidade temos de nos preparar. Quanto mais se aproxima o momento em que o premio será atribuído ao lutador, melhor tem de ser a luta. É também o que acontece nas corridas: quando chega o final da corrida e o objectivo se aproxima, mais se estimula o ardor dos cavalos. É por isso que Paulo diz: "A salvação está agora mais perto de nós do que quando abraçamos a fé. A noite vai adiantada e o dia está próximo» (Rom 13,11-12).''
                                          São João Crisóstomo

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

É festa....

    Festejemos Jesus, o Rei dos reis, que sendo Filho de Deus não assumiu o poder nem os símbolos da grandeza humana, mas vestiu-se com as roupas da humildade, da simplicidade e da pobreza. Um Rei nobre por natureza, capaz de vencer sem destruir, que fez do amor sua única arma.
20101121
Cristo rei do Universo.
O único e verdadeiro rei.
Rei do universo, das nossas vidas, das famílias e dos corações.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

TEMA - ADVENTO

Objetivo: Compreender a importância do ano litúrgico e do advento.

Pistas para conversar com as crianças:
-Onde começa e termina uma circunferência?
-O que é o ano, onde começa e onde acaba?
-Porque o ano escolar não começa no dia 1º de Janeiro?
-O ano da Igreja chama-se Ano Litúrgico, tal como o ano da Escola é o Ano Escolar.
-Porque é que é importante a Igreja ter um Ano Litúrgico?


Colocação do tema:

O Ano Escolar começa depois das férias do verão, e nem sempre é no mesmo dia.
O Ano Civil começa no dia 1 de Janeiro, e em todo o mundo faz-se a passagem de ano.
A Igreja também tem períodos de um ano, ao qual dá-se o nome de Ano Litúrgico.
O Ano Litúrgico começa 4 Domingos antes do dia de Natal.
Ao conjunto desses Domingos chamamos de Domingos do Advento.
Imagina uma pessoa de quem você gosta muito.
Se você ficar 1 ano inteiro sem a ver, e depois se você souber que ela vem no dia seguinte te visitar, como é que você vai ficar?
E quando chega o que acontece?

O Advento é esse espírito de alegria.
É o ir ao encontro daquele que vem.
Jesus vem no Natal, e sabemos isso 4 Domingos antes.
No Advento recordamos o nascimento de Jesus e o dia em que Jesus vai voltar. Quando, ninguém sabe!, mas Ele quer encontrar a nossa fé.
Como é que você vai se preparar para receber Jesus?






Para saber mais sobre Ano Litúrgico CLIQUE AQUI

terça-feira, 15 de novembro de 2011

TEMA - ANUNCIAÇÃO




O advento se aproxima, que tal refletirmos um pouco sobre Maria, Mãe do Filho de Deus, para que possamos nos preparar para a chegada do Menino Jesus.

Objetivo: Contar como foi o anuncio do anjo Gabriel à Maria, a  importância do seu sim. Falar da humildade de Maria, do seu amor a Deus e da sua entrega.


Lc 1,26-38


Colocação do tema


Oque é anunciar?
Anunciar significa passar uma mensagem, uma notícia.
- O anjo anuncia a Maria a Boa Notícia.
Quem era Maria?
Era uma moça escolhida por Deus, bondosa, humilde pertencia a uma família simples e era noiva de um homem chamado José.
Quem era o anjo?
Anjo Gabriel que foi enviado por Deus.
Anjos são servidores e mensageiros de Deus.
Qual era a Boa notícia?
Nascimento do Menino Jesus, Filho de Deus. 
- O anjo aproximou-se dela dizendo: " Alegre-se Maria! Você recebeu de Deus um grande favor.Ele está com você! Você é a mais abençoada de todas as mulheres".
-Ao ouvir isso, Maria perturbou-se e pensava o que queria dizer aquela saudação.
-E o anjo disse: "Não tenha medo; Deus escolheu você para ser a Mãe de um menino que se chamará Jesus. Ele será grande e é o Filho de Deus."
-Então disse Maria ao anjo: "Como pode ser isso?"
- Respondeu-lhe o anjo. "Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a sua Palavra. E o anjo despediu-se dela."
Maria disse sim a Deus.
Dizer sim é exprimir uma aceitação, uma afirmação, uma permissão.
Dizer sim a Deus é ser obediente a Sua vontade, a Sua Palavra ao Seu Amor.


Sobre o tema:
_ Toda a preparação e espera do AT se realiza em Maria. Ela é a escolhida para ser Mãe do Salvador.
- Conceberá pelo Espírito Santo. Nessa união se realizam a aliança de Deus com a Humanidade.
- Nova Eva. A primeira disse "Não". Maria diz "Sim" ao Plano de Deus.
- "Faça-se"- Ela se coloca a disposição de Deus e neste diálogo com o Anjo vemos a intimidade de Maria com Deus.
-Maria é o primeiro modelo de fé da Igreja. ter fé é receber tudo de Deus e dar-lhe o que Ele quer de Nós.
- Oque significa "Eis aqui a escrava".
-aceitação
-abertura,
-pobreza.
- A cada dia da vida ela vai renovar o "sim" e viver a presença de Deus dentro dela. (cfr.Lc 1,28).
- Há mudança de planos, mas Ela sabe que aquilo que Deus escolhe para nós, nos santifica mais do que quando escolhemos o próprio caminho.
-Maternidade de Maria é um grande privilégio. Ela é Mãe de Jesus não só porque o gerou, mas fez a sua vontade.


Sugestão de atividades:
Em nosso próximo encontro o tema será advento e nascimento de Jesus, que tal começarmos fazer com eles esses trabalhinhos natalinos:
Presépio feito de palito de sorvete. 
Manjedoura feita de palito de sorvete, eva marrom e serragem.O menino Jesus pode ser colocado na noite de natal.
Árvore de Natal feita de copo descartável.


Estas imagens retirei da internet a algum tempo , e não possuo a fonte,  se alguém reconhecer estes lindos trabalhos, por favor avisem-me para que eu possa dar os devidos créditos.
A Paz de Cristo!




sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Este dia é especial pra você?

   Hoje em muitos lugares, programas de televisão, roda de amigos, redes sociais, está se falando do dia de hoje, "11/11/11" e para os adeptos das ciências ocultas, esse dia pode indicar o inicio de uma nova era, para alguns misticos uma mudança na consciência do planeta e para você? Para mim a resposta esta nas leituras do dia de hoje, mais um dia especial em que Deus mostra a Sua Glória e o Seu Amor por nós...


Primeira Leitura: Sabedoria 13,1-9 
1São insensatos por natureza todos os homens que ignoram a Deus, os que, partindo dos bens visíveis, não foram capazes de conhecer aquele que é; nem tampouco, pela consideração das obras, chegaram a reconhecer o Artífice. 2Tomaram por deuses, por governadores do mundo, o fogo e o vento, o ar fugidio, o giro das estrelas, a água impetuosa, os luzeiros do dia. 3Se, encantados por sua beleza, tomaram estas criaturas por deuses, reconheçam quanto o seu Senhor está acima delas: pois foi o autor da beleza quem as criou. 4Se ficaram maravilhados com o seu poder e a sua atividade, concluam daí quanto mais poderoso é aquele que as formou: 5de fato, partindo da grandeza e da beleza das criaturas, pode-se chegar a ver, por analogia, aquele que as criou. 6Contudo, estes merecem menor repreensão: talvez se tenham extraviado procurando a Deus e querendo encontrá-lo. 7Com efeito, vivendo entre as obras dele, põem-se a procurá-lo, mas deixam-se seduzir pela aparência, pois é belo aquilo que se vê! 8Mesmo assim, nem a estes se pode perdoar: 9porque, se chegaram a tão vasta ciência, a ponto de investigarem o universo, como é que não encontraram mais facilmente o seu Senhor?
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus

Salmo 18
Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.
R: Os céus proclamam a glória do Senhor!
Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.
R: Os céus proclamam a glória do Senhor!

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 17,26-37 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 26Como aconteceu nos dias de Noé, assim também acontecerá nos dias do Filho do Homem. 27Eles comiam, bebiam, casavam-se e se davam em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca. Então chegou o dilúvio e fez morrer todos eles. 28Acontecerá como nos dias de Ló: comiam e bebiam, compravam e vendiam, plantavam e construíam. 29Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma, Deus fez chover fogo e enxofre do céu e fez morrer todos. 30O mesmo acontecerá no dia em que o Filho do Homem for revelado. 31Nesse dia, quem estiver no terraço, não desça para apanhar os bens que estão em sua casa. E quem estiver nos campos não volte para trás. 32Lembrai-vos da mulher de Ló. 33Quem procura ganhar a sua vida, vai perdê-la; e quem a perde, vai conservá-la. 34Eu vos digo: nessa noite, dois estarão numa cama; um será tomado e o outro será deixado. 35Duas mulheres estarão moendo juntas; uma será tomada e a outra será deixada. 36Dois homens estarão no campo; um será levado e o outro será deixado.' 37Os discípulos perguntaram: 'Senhor, onde acontecerá isso?' Jesus respondeu: 'Onde estiver o cadáver, aí se reunirão os abutres.'

- Palavra da Salvação.
- Glória a Vós, Senhor

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

CAMPANHA NATAL DOS SONHOS 2011

                                  
   A Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo está realizando a 10ª edição da Campanha Natal dos Sonhos, que todos os anos arrecada brinquedos para as crianças carentes atendidas por entidades sociais.

   Como tema “Solidariedade transforma o mundo! Doe um brinquedo”, a campanha tem o objetivo de educar para a solidariedade e “resgatar a infância perdida das crianças e adolescentes da cidade de São Paulo, através do lúdico, do pedagógico e da defesa do Direito de Brincar, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), como explica Sueli Camargo, coordenadora arquidiocesana da Pastoral do Menor.

   No dia 26 de novembro, das 9h às 13h, será realizado um evento no Teatro Grande Otelo, no Liceu Sagrado Coração de Jesus (alameda Dino Bueno, 285/353 – Campos Elíseos) . Esse “Dia da grande arrecadação” contará com apresentações artísticas, bandas e cantores, como o padre Juarez de Castro.

   Em carta enviada a vários organismos da Arquidiocese, dom Milton Kenan Junior, bispo auxiliar de São Paulo e referencial para a as Pastorais Sociais, reforçou que todas as paróquias, escolas católicas são chamadas a participar da campanha como postos arrecadadores de brinquedos, podendo direcioná-los para suas obras próprias obras sociais ou encaminhá-los à Pastoral do Menor.

Informações pelo telefone (11) 3105-0722 ou pelo e-mail

pastoraldomenor@gmail.com


É isso pessoal, nós aqui da Paróquia Santa Bernadette já aderimos a campanha!

SANTO DO DIA - SÃO LEÃO MAGNO


São Leão Magno
   O santo de hoje mostrou-se digno de receber o título de "Magno", que significa Grande, isto porque é considerado um dos maiores Papas da história da Igreja, grande no trabalho e na santidade. São Leão Magno nasceu em Toscana (Itália) no ano de 395 e depois de entrar jovem no seminário, serviu a diocese num sacerdócio santo e prestativo.
   Ao ser eleito Papa, em 440, teve que evangelizar e governar a Igreja numa época brusca do Império Romano, pois já sofria com as heresias e invasões dos povos bárbaros, com suas violentas invasões. São Leão enfrentou e condenou o veneno de várias mentiras doutrinais, porém, combateu com intenso fervor o monofisismo que defendia, mentirosamente, ter Jesus Cristo uma só natureza e não a Divina e a humana em uma só pessoa como é a verdade. O Concílio de Calcedônia foi o triunfo da doutrina e da autoridade do grande Pontífice. Os 500 Bispos que o Imperador convocara, para resolverem sobra a questão do monofisismo, limitaram-se a ler a carta papal, exclamando ao mesmo tempo: "Roma falou por meio de Leão, a causa está decidida; causa finita est".
   Quanto à dimensão social, Leão foi crescendo, já que com a vitória dos desordeiros bárbaros sobre as forças do Império Romano, a última esperança era o eloquente e santo Doutor da Igreja, que conseguiu salvar da destruição, a Itália, Roma e muitas pessoas. Átila ultrapassara os Alpes e entrara na Itália. O Imperador fugia e os generais romanos escondiam-se. O Papa era a única força capaz de impedir a ruína universal. São Leão sai ao encontro do conquistador bárbaro, acampado às portas de Mântua. É certo que o bárbaro abrandou-se ao ver diante de si, em atitude de suplicante, o Pontífice dos cristãos e retrocedeu com todo o seu exército. 

   Dentre tantas riquezas em obras e escritos, São Leão Magno deixou-nos este grito: "Toma consciência, ó cristão da tua dignidade, já que participas da natureza Divina". 
  Entrou no Céu no ano de 461. 

São Leão Magno, rogai por nós!



Fonte: Canção Nova

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

TEMA: JOÃO BATISTA

Objetivo: Apresentar a pessoa de João Batista,  último profeta do AT, primo de Jesus, que veio antes dele para ajudar o povo a se preparar para recebê-lo.

Lc 1,5-23; 57-80: Cap. 3, 1 ao 22

Como João Batista vivia, pensava  e agia:
   João batista era filho de Zacarias e Isabel.  Um casal de pessoas idosas muito boas e justas. Eles não tinham filhos. Deus, por este casal, envia João Batista que vem preparar a vinda de Jesus Cristo.
   Quando João ficou jovem retirou-se para o deserto, onde anunciou ao povo a vinda do Messias.
   Suas palavras eram exigentes, fortes e radicais. Pregava o Batismo de penitencia para a remissão dos pecados. Para João, o Batismo era o sinal de conversão a deus, de mudança de vida.
   Tinha muita coragem e sinceridade. João não suportava hipocrisia, fingimento.
Suas palavras severas mostram a sua grande coragem: "Raça de víboras! Quem vos ensinou a fugir da ira que está para vir? (Mt 3,7).
   Acolhia bem as pessoas de boa vontade; e para estas pessoas dava bons conselhos.
Para o povo em geral, João aconselhava a prática da fraternidade. E para os cobradores de impostos e os soldados, João aconselhava a prática da justiça. (Lc 3,10-15)
   "A multidão respondeu:- que quer você que nós façamos? João respondeu: - Sejam bem honestos  e não  cobrem mais impostos do que o governo exige de vocês. E os soldados também perguntaram: - E nós oque precisamos fazer? João respondeu: - Não arranquem dinheiro com ameaças nem co violência; não acusem ninguém daquilo que vocês sabem que ele não fez e contentem-se com seu salário."
   Todos estavam ansiosos esperando o Messias. Por isso, queriam saber se João era o Messias ou não. A vida do Messias era o assunto do momento.
   João Batista tinha humildade verdadeira. João só se interessava em promover Jesus. Ele dizia: : "É necessário que Jesus cresça e eu diminua." (Jo 3,30)
   Encaminhou para Jesus seus seguidores (Jo 1,35-37) e censurou os ciúmes dos que se preocupavam com a crescente popularidade de Jesus.
   Morreu decapitado, por causa da sua coragem em pregar a justiça e fraternidade. 


Oração
Senhor, ajuda-nos a imitar João Batista, a  sua coragem e sua força de anunciar o Evangelho.


Atividades
No Blog da Cris (Jardim da Fé) você encontra muitas atividades referente a este tema é só CLICAR AQUI!



sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Amigo Secreto dos Catequistas Unidos

Desenho de amigo secreto
    Passamos o ano inteiro nos relacionando como irmãos em Cristo, agora chegou a vez de nos acarinharmos, através desta troca de  presentes, e estreitar  uma relação que em algumas vezes não passou de uma visita rápida. Quer oportunidade maior que essa?

Fiquei bem surpresa e feliz com quem tirei e falando nisso vou dar uma dica de quem é:

*não é homem e sua cidade faz parte da região sudeste.....


SANTO DO DIA -SÃO CARLOS BARROMEU

Primeiro Bispo a fundar Seminários para a formação dos futuros Padres


    São Carlos Borromeu, cuja festa é no dia 4 de novembro, foi advogado e canonista. Ele é de Arona, Lombardia, onde nasceu a 2 de outubro de 1538. Tinha apenas 22 anos e nem era sacerdote, quando o Papa Pio 4º (1559-1565), seu tio, nomeou-o cardeal e arcebispo de Milão.
   Cabe destacar que foi graças ao jovem Carlos Borromeu que as reformas do Concílio de Trento foram impostas à Igreja. Houve, ainda, a criação de novos seminários, a pastoral foi renovada e organizações de pastoral tiveram grande incremento. O apostolado da imprensa e dos leigos começou a se desenvolver. " Ele encheu o século 16 de novas esperanças e é considerado o símbolo de uma Igreja renovada, de seu tempo" , e escreve em "Santos e Heróis do Povo" o Cardeal Arns.

  Durante os anos 1576-1577, quando a peste quase dizimava a cidade, São Carlos Borromeu saia pelas ruas com uma corda no pescoço e uma cruz às costas, implorando a misericórdia de Deus. Morreu a 3 de Novembro de 1584. Foi canonizado em 1º de novembro de 1610 por Paulo 5º. Foi-lhe dado o nome de Pai dos Pobres.

  ORAÇÃO A SÃO CARLOS BORROMEU
   Conservai, ó Deus, no vosso povo o espírito que animava são Carlos Borromeu, para que a vossa Igreja, continuamente renovada e sempre fiel ao Evangelho, possa mostrar ao mundo a face de Cristo.
  Assim como fizestes dele um grande bispo, pela vigilância pastoral e esplêndidas virtudes, concedei-nos frutificar sempre em boas obras.
Dai-nos sua intercessão, que sejamos constantemente fiéis no vosso serviço e fervorosos na caridade.

Amém


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

TEMA - MOISÉS III



A travessia do Mar Vermelho

Objetivo: Ensinar que como os hebreus nós também reconhecemos que Javé é nosso DEUS, que não aceita nenhuma forma de escravidão se colocando ao lado dos perseguidos, fracos e necessitados.


Êxodo- capítulos 12 a 15

Colocação do tema

   Vocês já tentaram segurar a água com as suas mãos? Eu já! Se você  colocar as duas mãos juntas, em forma de concha, até poderá segurá-la por alguns minutos. Mas nunca conseguira afastá-la totalmente, separando-as com as próprias mãos! 
   Só Deus pode fazer isso! E fez acontecer uma vez!. Para provar o quanto o seu povo é importante para Ele e o quanto Ele é poderoso para livrar de todo mal. 
   Deus havia acabado de libertar, como já vimos, de uma forma maravilhosa, o seu povo de quatrocentos e trinta anos de escravidão no Egito. Todos estavam muito felizes! Caminhavam com Moisés pelo deserto bem devagar. Mães com seus bebês no colo; crianças seguradas pelas mãos; jovens com seus amigos... idosos... famílias inteiras caminhavam lado a lado. Os mais fortes cuidado dos mais fracos. Iam agradecer a Deus pela liberdade, louvando e rezando. 
   Mas, quando estavam em frente ao mar chamado Vermelho, olharam para trás e viram uma grande quantidade de cavalos e carruagens que se aproximavam rapidamente. Tiveram muito medo porque reconheceram que era o rei dos Egípcios – o Faraó - com todos os seus soldados e que eles vinham para matar o povo de Deus. 
   O povo estava cercado. De um lado, um imenso e profundo mar, impossível de ser atravessado nadando! E não havia barco para aquela quantidade de pessoas! Por outro lado, o Faraó e seus soldados zangados e armados, prontos para matá-los! 
   Moisés - o servo de Deus que guiava o povo – rezou ao Senhor e Deus respondeu – Diga ao meu povo que marche! 
   Então Deus mandou um vento muito forte e, diante dos olhos de todos, abriu o mar formando duas pareces invisíveis que seguraram as águas e criaram um caminho seco por onde o povo poderia marchar seguro, entre as águas. 
   O que você sentiria se estivesse lá, caminhando no meio do mar, vendo Deus segurar com suas próprias mãos as águas e podendo ouvir o som das ondas batendo na praia e ver as plantas, e as pedras do fundo do mar ou olhar os peixes nadando ao seu lado por trás da parede invisível? Teria medo? Tentaria pegar um peixe? 
   As pessoas não tiveram tempo para recolher lembranças. Nem para pescar! Estavam fugindo do faraó para salvar as suas vidas. Deus às estava protegendo e guiando! 
   O Faraó estava tão cego de ódio que nem percebeu o perigo que estava correndo e também seguiu pelo caminho no meio do mar perseguindo o povo. Mas Deus foi retirando as sua mãos e as paredes invisíveis que seguravam as águas começaram a se mover e o caminho por onde passava o Faraó foi novamente coberto pelas águas. Mas o povo chegou do outro lado do mar em segurança. 
   Quando o povo viu o que aconteceu com o Faraó aprendeu o quanto Deus é poderoso e numa grande festa celebrou e adorou ao Senhor pelo livramento. 
   Vocês notaram que essa história não é uma história comum? Ela aconteceu de verdade e foi escrita na bíblia para que nós pudéssemos conhecer um pouquinho do que o nosso Deus todo poderoso é capaz de fazer só para livrar aqueles que o amam. 
   Um mar é coisa pequena para Deus!!! Muito mais Ele pode fazer nas nossas vidas se deixarmos! Por isso, vale a pena confiarmos e obedecermos ao Senhor, porque em suas mãos invisíveis estaremos sempre seguros! 



Atividades:
-desenhos para colorir

Este canto é bem conhecido e fácil de ensinar, que tal cantar com as crianças:


Aos homens de fé, Deus abre os caminhos. (2x)

O Mar se abriu e o povo atravessou. (2x)
E os israelitas louvavam ao Senhor. (2x)
Aos homens sem fé, Deus fecha os caminhos. (2x)
O mar fechou e o Egito se afogou. (2x)
E os israelitas louvavam Ao Senhor. (2x)



terça-feira, 1 de novembro de 2011

OLHEMOS PARA O ALTO...HOJE É DIA DE TODOS OS SANTOS


   Hoje, a Igreja não celebra a santidade de um cristão que se encontra no Céu, mas sim, de todos. Isto, para mostrar concretamente, a vocação universal de todos para a felicidade eterna.
"Todos os fiéis cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade. Todos são chamados à santidade: 'Deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito' "(Mt 5,48) (CIC 2013).    Sendo assim, nós passamos a compreender o início do sermão do Abade São Bernardo:
   "Para que louvar os santos, para que glorificá-los? Para que, enfim, esta solenidade? Que lhes importam as honras terrenas? A eles que, segundo a promessa do Filho, o Pai celeste glorifica? Os santos não precisam de nossas homenagens. Não há dúvida alguma, se veneramos os santos, o interesse é nosso, não deles".
   Sabemos que desde os primeiros séculos os cristãos praticam o culto dos santos, a começar pelos mártires, por isto hoje vivemos esta Tradição, na qual nossa Mãe Igreja convida-nos a contemplarmos os nossos "heróis" da fé, esperança e caridade. Na verdade é um convite a olharmos para o Alto, pois neste mundo escurecido pelo pecado, brilham no Céu com a luz do triunfo e esperança daqueles que viveram e morreram em Cristo, por Cristo e com Cristo, formando uma "constelação", já que São João viu: "Era uma imensa multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas" (Ap 7,9).
   Todos estes combatentes de Deus, merecem nossa imitação, pois foram adolescentes, jovens, homens casados, mães de família, operários, empregados, patrões, sacerdotes, pobres mendigos, profissionais, militares ou religiosos que se tornaram um sinal do que o Espírito Santo pode fazer num ser humano que se decide a viver o Evangelho que atua na Igreja e na sociedade. Portanto, a vida destes acabaram virando proposta para nós, uma vez que passaram fome, apelos carnais, perseguições, alegrias, situações de pecado, profundos arrependimentos, sede, doenças, sofrimentos por calúnia, ódio, falta de amor e injustiças; tudo isto, e mais o que constituem o cotidiano dos seguidores de Cristo que enfrentam os embates da vida sem perderem o entusiasmo pela Pátria definitiva, pois "não sois mais estrangeiros, nem migrantes; sois concidadãos dos santos, sois da Família de Deus" (Ef 2,19).
   Neste dia a Mãe Igreja faz este apelo a todos nós, seus filhos: "O apelo à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade se dirige a todos os fiéis cristãos." "A perfeição cristã só tem um limite: ser ilimitada" (CIC 2028).

Todos os santos de Deus, rogai por nós!

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

TEMA - MOISÉS II

   E dando sequencia ao nosso roteiro, neste final de semana continuaremos a segunda parte da história de Moisés (As pragas do Egito)
Objetivo: falar como foi o plano de Deus para Moisés libertar o povo de Deus da escravidão do Egito.


Êxodo capítulos 5 ao 11
Para ver o resumo da história LEIA AQUI
Contar a história com todos os detalhes, de preferencia mostrando figuras para que as crianças assimilem melhor.

Colocação do tema
- Deus não quer que seus filhos sejam escravizados.
-Existem vários tipos de escravidão e o pecado também é uma escravidão.
- Assim como Deus tinha um plano para libertar os israelitas da escravidão, Deus também tem um plano para libertar o homem do pecado.
- Assim como Deus enviou Moisés para libertar os israelitas da escravidão dos egípcios, Deus enviou seu Filho ao mundo para morrer pelos nossos pecados e sermos libertos da escravidão do pecado.
- O Faraó não quis obedecer a Deus. E Deus estava lhe mostrando que é poderoso e pode realizar qualquer coisa. 
- O Faraó não tinha temor a Deus e não reconhecia a Sua grandeza. 
- Nós temos que reconhecer que Deus é poderoso, é o Criador da natureza e o único Deus. - Devemos confiar e adorar somente a Deus.

Atividades:
- Desenhos para colorir .
- Abaixo um jogo da memória que a Layse do Blog Catequese Kids, elaborou para este tema é só usar duas cópias e recortar.



SANTO DO DIA - SÃO SIMÃO

Não poderíamos deixar de celebrar também a memória de São Simão, apostolo e mártir, que segundo a tradição,  encontrou com São Judas , e seguiram em missão juntos até o seu martírio e morte.
Simão é, talvez, o mais desconhecido dos apóstolos. Aliás, na Bíblia inclusive recebeu apelidos para ser diferenciado de Simão Pedro. Ele é chamado de Simão, "o cananeu", pelos apóstolos Mateus (10, 4) e Marcos (3,18). Alguns estudiosos cristãos entendem que este "cananeu" pode ser uma referencia à Canaã, a terra de Israel. Mas quando Lucas no seu evangelho o chama de "o zelote" (Lc 6, 15) parece querer indicar que Simão pertencera ao partido judeu radical que tinha o mesmo nome. Os radicais zelotes pregavam a luta armada contra os dominadores. Como se vê, Jesus queria mesmo um colegiado de doze apóstolos que representassem todas as correntes políticas e religiosas da época. Sabe-se que Simão, como todos os outros apóstolos dos primeiros tempos do cristianismo, depois do Pentecostes percorreu caminhos pregando o evangelho sem nada levar consigo. Operou muitos milagres, curou enfermos, limpou leprosos e expulsou espíritos maus. Conta uma antiga tradição que Simão encontrou-se com o apostolo Judas Tadeu na Pérsia e desde então viajaram juntos. Percorreram as doze províncias do império persa, deixando o conhecimento histórico e religioso como foi encontrado num antigo livro da época chamado "Atos de Simão e Judas", de autor desconhecido. Nele consta que no dia 28 de outubro do ano 70, houve o assassinato dos dois apóstolos a mando dos sacerdotes pagãos, preocupados com a eloquência das pregações que convertiam multidões inteiras. Outras fontes falam da pregação de Simão também no Egito, Líbia e Mauritânia. Segundo Eusébio, idôneo e célebre historiador, Simão teria sido o sucessor de Tiago na cátedra de Jerusalém, nos anos da trágica destruição da cidade santa. Conforme um antigo registro atribuído ao famoso historiador Egesipo, Simão teria sido martirizado no ano 107 durante o governo do imperador Trajano, tinha então cento e vinte anos de idade.